Home » Artigo não-científico » Parar de fumar X recaídas

Parar de fumar X recaídas

Recaídas são comuns na vida de ex-tabagistas, por isso, é necessário manter o equilíbrio e a estabilidade, a fim de se concentrar em superar o vício.

As crises de abstinência, especialmente nas primeiras semanas, formam uma das maiores barreiras para o indivíduo que largou o cigarro há pouco tempo.

Vamos a algumas dicas que podem ajudar nesse processo:

Alimentação

Adotar uma alimentação mais saudável pode fazer grande diferença no dia a dia, já que você sentirá uma melhora geral em seu organismo.

Ao parar de fumar, você pode sentir vontade de lanchar o tempo todo, principalmente porque não consegue mais manter as mãos e a boca ocupadas com o cigarro. Se seu apetite aumentou ou você sente que não pode parar de comer, a pipoca é uma boa opção, segundo a Organização American Heart Association (Associação Americana do Coração, em tradução livre). Além de mantê-lo ocupado, também pode ajudá-lo a se sentir satisfeito, reduzindo a vontade de comer e fumar.

Hidratação

Beba bastante água, especialmente quando pensar em fumar. Isso trará excelentes resultados para a sua saúde e ajudará a te manter longe da Nicotina.

Muitas vezes, quando as pessoas largam o cigarro, sentem muita falta de tê-lo aceso na mão. A partir de agora você deverá segurar uma garrafa de água, na qual beberá várias vezes por dia, mantendo foco em abrir a tampa e fechá-la. Além disso, também estará satisfazendo as fixações orais ao trocar a fumaça pela hidratação.

Algumas das pessoas que param de fumar experimentam dores de cabeça durante as primeiras semanas devido à abstinência da nicotina. Como se descobriu que manter-se adequadamente hidratado ajuda a aliviar a dor de cabeça de algumas pessoas, incorporar mais fluidos no seu plano de largar o cigarro pode proporcionar um alívio extra.

Além disso, a falta de líquidos demonstrou potencialmente prejudicar nosso humor e, em alguns casos, prejudicar a capacidade de pensar com clareza. Mantenha um copo de água por perto para ajudá-lo a se sentir melhor.

Exercícios físicos

Antes de qualquer coisa, é necessário marcar uma consulta para checar o seu estado de saúde. É essencial fazer isto, visto que seu corpo está se adaptando a uma nova realidade. Se optar pelos esportes, por exemplo, é melhor começar de leve, sem manter o foco em competições ou rápida evolução. Lembre-se, seu organismo ainda estará com vestígios de nicotina e a atividade física a ser praticada precisa combinar com o seu fôlego.

O exercício pode ajudar a suprimir o desejo de acender um cigarro

Entre o gerenciamento do estresse, a redução dos sintomas de abstinência, a liberação de endorfinas e o uso redirecionado do seu tempo, energia e foco (longe do cigarro), as atividades físicas podem realmente ajudar a reprimir os desejos de fumar.

Ambiente

Esse tópico é um pouco mais difícil de ter controle, pois as nossas rotinas incluem trabalho e momentos de lazer, sendo que em ambos os casos estamos expostos à fumaça do cigarro de outras pessoas. Evite lugares onde sabe que terá gente fumando, pois esses ambientes podem despertar gatilhos e te fazer ter uma recaída.

Em casa

Lave todas as suas roupas e toalhas que têm cheiro de cigarro, jogue isqueiros e cinzeiros fora, tornando, assim, sua casa um ambiente completamente livre da nicotina e dos resquícios de fumaça. Além disso, não permita que ninguém fume em sua casa, carro ou mesmo sentado ao seu lado.

Estabilidade emocional

É importante que, ao parar de fumar, você esteja com a saúde mental em dia.

O estresse é uma parte normal da nossa vida, que, quando está presente em excesso cria muitos problemas. Aprender a gerenciar o estresse é uma parte essencial de parar de fumar.

Você pode ter aprendido a lidar com o estresse fumando, no entanto, existem outras maneiras de “acalmar os nervos”. Leia abaixo algumas dicas que podem funcionar no gerenciamento das suas emoções:

Relaxamento

Nossos corpos respondem ao estresse liberando hormônios que aumentam frequência cardíaca e pressão arterial. A prática de técnicas de relaxamento pode melhorar sua saúde e ajudá-lo a lidar com o estresse de maneira positiva. Que tal meditar?

Respiração

Faça algumas inspirações lentas e profundas – entrando pelo nariz e saindo pela cavidade bucal. Você sentirá seu corpo começar a relaxar.

Localize seu estresse

Reserve um minuto para descobrir como o estresse afeta seu corpo. Aonde você concentra a tensão? Encontrar maneiras de reduzir essa aflição também ajudará seu estresse mental. Um banho quente, uma massagem ou alongamento podem ser um grande apoio nesse processo.

Visualize

Pense em um lugar onde você se sinta seguro, confortável e relaxado. Imagine o mais claramente possível, inclusive pensando no que sentiria, ouviria e talvez até cheiraria se estivesse naquele local relaxante. Deixe-se aproveitar por alguns minutos.

Dicas

– Faça bilhetes para você mesmo lembrando as razões principais de largar o cigarro e espalhe pela casa;

– Crie uma lista de itens que deseja comprar usando o dinheiro que economizará ao parar de fumar;

– Peça aos seus amigos/parentes que tenham paciência com você durante o período inicial do processo;

– Procure terapia e grupos de apoio, desabafar com pessoas que te apoiam e entendem, bem como com um profissional da área de saúde mental, pode ser um grande apoio para você se manter firme nessa jornada.

Por fim, é importante lembrar que, caso você caia no impulso e a recaída aconteça, pense positivamente e procure aprender com essa experiência para que não ocorra novamente. Não se culpe, você pode e deve tentar até conseguir, por sua saúde e qualidade de vida.

Parar de fumar é uma jornada, viva um dia de cada vez e verá que o que começou como uma tarefa difícil em breve se tornará um desafio natural em sua existência.