Home » Artigo não-científico » Não tenha medo de pedir ajuda para largar o tabagismo

Não tenha medo de pedir ajuda para largar o tabagismo

Obter apoio das pessoas importantes em sua vida pode fazer grande diferença na sua decisão de parar de fumar.

Lembre-se: você não precisa passar por todo o processo sozinho.

Pedir ajuda não te torna fraco. Muito pelo contrário: é necessário ter força para lutar por um novo caminho.

Diversos estudos já mostraram que aqueles que decidem parar de fumar e podem contar com o apoio de amigos e familiares, têm mais chances de obter êxito em seu objetivo.

Decidiu pedir ajuda?  Saiba como fazer isso: 

Seja direto sobre o que precisa

Seus amigos e familiares nem sempre saberão como te ajudar. Seja específico sobre o que necessita. Além disso, diga a eles também quais ações são dispensáveis. Tente ser paciente: eles estarão tentando fazer o que é melhor para você dentro da situação.

Por exemplo, se você estiver estressado, e sentir um forte desejo por cigarro, peça a seu amigo ou familiar que o ajude a planejar um dia divertido e saudável para te distrair da vontade.

Dica: não tenha medo de tentar se distanciar de pessoas que não estão lhe apoiando.

Desapegar pode ser difícil, mas às vezes é melhor. Concentre-se em passar tempo de qualidade com aqueles que fazem você se sentir bem consigo mesmo, e aqueles que desejam seu sucesso.

Ajude outras pessoas

O apoio é uma via de mão dupla. Se estima que os amigos estejam presentes para você, também esteja lá para eles. Às vezes, receber atenção já significa muito para algumas pessoas. Que tal ligar para um amigo “simplesmente” para saber como ele está?!

Largar o tabagismo não é apenas uma decisão, é um processo que precisa ser aprendido e praticado: “Assim como um dia aprendeu a fumar, agora é necessário embarcar no caminho oposto”, diz Blatt, diretor nacional de programas de controle do tabagismo.

De fato, um estudo publicado em junho de 2016, no British Medical Journal, apontou que, em média, os fumantes tentam largar o hábito de 6 a 20 vezes antes de terem sucesso.

Como encontrar um parceiro para deixar de fumar?

Existem vantagens e desvantagens de pedir ajuda a um amigo íntimo ou membro da família para este fim.

Um aspecto positivo é sentir-se à vontade para contar abertamente sobre os efeitos colaterais comuns da abstinência de nicotina. Também é necessário saber que, se você escorregar e fumar um cigarro, seu amigo não ficará irritado.

Uma pergunta essencial a se fazer, é se prefere a ajuda de alguma pessoa que largou o cigarro, ou de alguém que nunca fumou.

Um ex-fumante pode ter mais experiências para compartilhar com você. No entanto, as histórias podem ser muito diferentes, e qualquer comparação será tóxica para a sua recuperação nesse momento.

E se você e algum conhecido resolverem parar de fumar juntos?

É imprescindível considerar todos os cenários, como, por exemplo, a possibilidade de seu amigo não ser bem-sucedido em sua tentativa de largar o cigarro. Neste caso você poderá perder a companhia, e será necessário ser ainda mais forte para lidar com tudo isso, como explicou Glen Morgan, PhD, diretor do programa de pesquisa do controle de tabaco no Instituto Nacional do Câncer.

Decida o que precisa do seu parceiro

Pergunte a si mesmo qual tipo de apoio será mais benéfico, e o que pode atrapalhar o processo e levá-lo a voltar a fumar. Seja específico e peça que proceda de acordo com sua personalidade, considerando os aspectos individuais.

Também pode ser útil deixar seu amigo saber que suas necessidades podem mudar. Por exemplo, no início do processo, você disse ao parceiro para te ligar todos os dias. Depois de algumas semanas, porém, poderá descobrir que essa conversa diária apenas te lembra do cigarro. Se isso acontecer, seja honesto com ele e peça para tentarem uma nova abordagem.

Não tenha vergonha de pedir ajuda, parar de fumar será um dos grandes investimentos de vida.