Home » Artigo não-científico » 3 dicas para ter uma vida saudável e sem cigarro

3 dicas para ter uma vida saudável e sem cigarro

1. Mude sua rotina

Seus hábitos podem ser decisivos na hora de parar de fumar.
Confira algumas práticas que podem ser benéficas durante esse momento delicado:
– Respire de forma lenta e prolongada;
– Mude os caminhos por onde anda ou dirige sempre que possível;
– Modifique a ordem dos afazeres no dia a dia: passe longe da rotina anterior;
– Evite o estresse: explique a situação às pessoas da sua convivência, peça que sejam pacientes com as possíveis variações de humor que você apresentará;
– Adote atividades físicas e mentais que te desafiem;
– Beba água;
– Seja positivo: nesse momento o seu emocional precisa de estabilidade;
– Aprenda a reconhecer seus momentos de fraqueza;
– Mantenha-se ocupado: equilibre o trabalho com atividades prazerosas.

2. Siga o passo a passo

1. Sua primeira missão é definir uma data não adiável em que vai parar de fumar: escolha um dia dentro das próximas duas semanas a partir do momento da decisão, para que tenha tempo o suficiente para preparar-se, e ao mesmo tempo, manter a motivação. Se você fuma principalmente no trabalho, a dica é: pare de fumar no final de semana, para que possa se ajustar às mudanças.

2. Conte seus planos aos familiares, amigos e colegas de trabalho: convoque as pessoas que se preocupam com você e deixe-os saber que precisa de seu apoio e incentivo para largar o tabagismo. Dica: procure conhecer pessoas que irão passar pelo mesmo processo. Vocês podem ajudar um ao outro a superar os momentos mais delicados.

3. Antecipe e planeje como lidar com os desafios que enfrentará ao largar o cigarro: a maioria das pessoas que para de fumar volta a fazê-lo ainda nos primeiros três meses. É importante que você esteja preparado para os desafios mais comuns, como a abstinência da nicotina e o desejo de fumar. Todavia, tenha cuidado para não confundir autoconsciência com ansiedade.

4. Retire de casa todos os produtos relacionados ao tabaco: jogue fora os cigarros, isqueiros, cinzeiros e fósforos que ainda tiver. Lave suas roupas e tudo que cheira a fumaça, como: cortinas, tapetes, e também o carro.

5. Converse com seu médico para que te ajude a largar o tabagismo: ele pode prescrever uma medicação para ajudar nos sintomas de abstinência. Se você não puder contar com esse recurso, provavelmente terá acesso a muitos produtos sem receita médica em alguma farmácia local, – incluindo adesivos de nicotina e gomas de mascar.

3. Catálogo de danos

Coloque a lista abaixo em um local visível na casa – adaptando ao seu estilo de vida. Sempre que você estiver tentado a fumar, observe todas as maneiras pelas quais o cigarro pode prejudicar sua saúde:
• Aumenta o risco dos cânceres de: pulmão, bexiga, pâncreas, boca, esôfago, e até leucemia;
• Elevação do risco de doença cardíaca, derrame, pressão alta;
• Aumenta o risco de diabetes;
• Reduz os níveis de ácido fólico, o que pode levar a um aumento na chance de desenvolver doença cardíaca, depressão e Alzheimer;
• Afeta a capacidade mental e a memória;
• Faz os ossos ficarem frágeis;
• Aumenta a probabilidade de impotência;
• Reduz a fertilidade;
• Afeta a capacidade de cheirar e saborear;
• Pode resultar em bebês prematuros com baixo peso ao nascer;
• Amplia o risco de depressão em adolescentes.

As razões para você parar de fumar são muitas. Caso não consiga sozinho tirar a nicotina de sua vida, procure ajuda e apoio, muitas vezes isso pode ser decisivo na luta pessoal contra o tabagismo.